sábado, 18 de agosto de 2018

Reportagem #2: A recente exposição midiática do Neopets


Publicado por Wallace em sábado, 18 de agosto de 2018

Vários portais de notícias do mundo inteiro noticiaram que o Neopets fará um comeback com o lançamento do novo aplicativo "Neopets: Legends and Letters" (confira a nossa própria cobertura da Comic Con aqui). A informação deste possível retorno do Neopets ao mainstream foi amplamente divulgada tanto por portais do universo geek quanto por jornais de assunto geral.

Na segunda edição do nosso especial de reportagens, vamos falar sobre divulgação digital. Mais especificamente, o tamanho da exposição midiática que a banca do Neopets na Comic Con proporcionou ao site no final do mês passado. Essa boa repercussão, certamente, valeu a pena todos os investimentos da JumpStart em levar o Neopets ao evento.

Primeiramente, vamos pontuar que há uma diferença entre esta e as outras vezes que o Neopets compareceu à Comic Con. O resultado foi mais positivo do que em anos anteriores quando o site participava somente como parte da Nickelodeon Virtual Worlds e acabava ofuscado por outros lançamentos do grupo como o Petpet Park e o Monkey Quest.

Este também é um lançamento diferente do "Ghoul Catchers" (que não possuiu uma campanha de marketing e fracassou ao estrear no chart de games mais baixados da semana da App Store). O portal Tec Mundo, por exemplo, noticiou erroneamente que o "Neopets: Legends and Letters" será "a primeira vez que a empresa lançará um game para dispositivos móveis". O fato do Ghoul Catchers sequer possuir a indicação "Neopets:" em frente ao seu título demonstra o quanto o seu lançamento foi mal planejado.

Em seguida, é necessário contextualizar outro ponto. A nostalgia é hoje uma das principais estratégias de estímulo ao consumo em todos os mercados. Um exemplo disto é a série "Stranger Things", da Netflix, que se esforça em criar uma ambiência nostálgica para atrair aqueles que viveram a infância durante a década de 80 (e hoje, já crescidos, são um público alvo adulto com poder de compra).

Mais importante que o número de RTs, curtidas ou comentários, o fato do novo aplicativo do Neopets ser mencionado numa conta do Twitter que possui 2,7 milhões de seguidores como a do jornal Inquirer é capaz de trazer por si só um alcance gigantesco ao respectivo tweet da notícia. E se o importantíssimo jornal Daily Mail UK se importa o suficiente para fazer uma matéria sobre o comeback do Neopets, significa que o site ainda é muito conhecido.

Outro ponto positivo que não pode ser medido por números é o tom no qual todas as notícias e comentários a respeito se referem ao Neopets. Apesar dos pesares, o site ainda é bastante querido. E lembrado com carinho por aqueles que passaram a infância em frente ao computador.

Agora vamos mudar o foco para as redes sociais do próprio Neopets (que recentemente criou um Instagram oficial para se juntar ao Facebook e ao Twitter).

O Neopets sempre dependeu de indicações dos próprios jogadores para a conquista de novos. O programa de referência é um exemplo disso. Mas o que está acontecendo agora é completamente novo. A JumpStart estimular os jogadores a usarem uma hashtag nas redes sociais em troca de um avatar secreto (como ocorreu na NeoCreation Week, guia aqui) é uma sacada genial, que não ocorria nos tempos da Viacom.

A TNT finalmente compreendeu três coisas cruciais para que o site consiga se manter por mais outros longos anos. É necessário investir em divulgação. É necessário investir em aplicativos mobile. E, principalmente, é necessário atrair novos (e velhos) jogadores.

Abaixo, uma lista com alguns tweets.

Comentários:

Os comentários estão em manutenção.

Curta no Facebook

Diversos de Hoje (13/11)


Pergunta do Dia: Greevix
Prêmio: 250 NPs



Jogo em Destaque: Festa das Frutas


Melhor Que Você: Rolando na Neve
Pontuação: 3.247



Concerto do Dia: Jazzmosis



Campo de Batalha: A Influência venceu!

Sites Afiliados

Arquivo do Site

Já nos segue no Twitter?

Categorias | Tags