quarta-feira, 14 de novembro de 2018

Tradução: A crise no Deserto Perdido


Publicado por Wallace em quarta-feira, 14 de novembro de 2018


Voltar ao guia de Lyra e a Herança Perdida


No dia 14 de novembro, um novo artigo na Neopedia foi publicado. Ele descreve a crise no Deserto Perdido entre as cidades de Sakhmet e Qasala, além de apresentar novas informações sobre o personagem Xendrik.

Confira abaixo a tradução feita pelo Royalneo:

Sala do Conselho do Guardião, Mansão Xendrik, Sakhmet

Aymas Xendrik está desfrutando de uma refeição deliciosa na sua sala do conselho, quando um dos seus guardas entra sem ser convidado. Xendrik não está contente.

"Quantas vezes eu vou ter que advertir todos vocês sobre entrar sem bater na porta?", ele late.

"Me desculpe, Senhor, mas isto me pareceu importante", diz o guarda, fixando seu olhar para baixo.

"Nada é importante a não ser que eu diga que é."

"Me perdoe, Senhor, mas isto tem o selo do Rei Jazan. Eu devo devolver?"

"Me dê isso, seu idiota. E tire a sua cara pra fora daqui."

Alguns dias depois:

A Câmara da Rainha, Palácio Real, Qasala

A Rainha está esperando por Aymas Xendrik na sua sala de encontros. Ela e o Rei Jazan estavam planejando conhecê-lo juntos, mas Xendrik falhou ao tentar ser pontual, e a demora estava visivelmente irritando o Rei. Imaginando que o encontro poderia facilmente ir abaixo, Nabile insistiu para que Jazan fosse ver outros assuntos enquanto ela lidava com o Guardião ela mesma. Porém, Xendrik estar atrasado era pouco comum, e a Rainha foi se tornando mais e mais inquieta a cada momento que se passava. Ela teve todas as intenções de sair tempestuosa da sala em um ataque de raiva e cancelar o encontro, mas o assunto nas suas mãos era grande demais para ser ignorado. As pessoas de sua terra estavam com raiva e procuravam por uma solução. A Rainha se arrependeu de ter confiado a Xendrik essa responsabilidade mas, mais do que isso, ela se arrependeu de não ter acreditado em seus informantes sobre a atitude dele.

A porta rangeu aberta e um Xendrik afobado entrou, seguido por dois de seus guardas. Seus passos eram urgentes. Ele saudou a Rainha espertamente e deu a ela seu relatório antes que ela tivesse a chance de perguntá-lo. Ele informou a ela que muitas novas manifestações foram relatadas em Sakhmet nas últimas 24 horas mas as coisas estavam fora de controle agora. Ele também informou a ela que os guardas prenderam muitos pets que eram supostamente os líderes dessas manifestações e que estavam os interrogando em custódia naquele momento. Ele parecia pronto para continuar a falar, mas Nabile levantou a mão gesticulando para ele parar.

"Você está atrasado! Isso não é comum em você. Eu devo ficar preocupada?"

"Eu peço desculpas, minha Senhora. Eu só tenho muitas coisas nas minhas costas por agora." Xendrik esperou por uma resposta.

"Sinceramente? Eu ouvi falar sobre um oficial corrupto entre o bando dos guardas do Guardião. Diga-me, você sabe quem ele poderia ser?"

Xendrik disse, "Corrupção? No meu time? Isso está altamente equivocado, minha Senhora. Eu tenho medo de que alguém esteja a alimentando com informações enganosas."

"É possível que eu não tenha sido muito clara", Nabile sorria enquanto falava. "Me deixe reformular. Por um bom tempo, eu escutei histórias sobre um certo oficial corrupto que gasta seu tempo comendo e bebendo enquanto deveria estar trabalhando. Isso faz sentido agora?"

"Mas eu..."

Nabile o encarou com um olhar severo, sinalizando que ela não gostava de ser interrompida. Ela disse, "Eu também ouvi que abaixo dele, o homem que foi especificamente empregado para manter a paz permitiu que a cidade de Sakhmet mergulhasse no caos. E agora eu ouvi que o Sindicato daquela cidade decidiu parar de comercializar com o meu povo. Isso é ruim. Você entende as consequências?"

"Eu acho que sim, minha Senhora."

"Bom. Agora, como Guardião do Deserto Perdido, como você acha que nós deveríamos punir o único responsável? Nós deveríamos tirar dele o seu uniforme e os seus poderes? Prendê-lo?"

"Minha Senhora, me dê a chance de me explicar", ele suplicou. "Isso não é o que parece."

"Eu estou cansada de desculpas, Xendrik. A tensão entre as nossas cidades se prolongaram por muito tempo. Está tudo nos jornais. Eu não vou mais aturar isso. Diga ao seu homem para manter as coisas sobre controle agora. Você tem um dia para isso."

"Minha Senhora, isso é simplesmente o que eu vim aqui explicar. Eu estive pensando muito sobre a agitação entre nossas grandes cidades e agora eu vim com um solução que com certeza vai adoçar os sentimentos."

"Isso parece promissor. Eu só tenho uma questão: devo confiar em você de novo?"

"Você sempre foi justa e generosa. Apenas me dê mais uma chance de provar a minha lealdade. Minha família está empenhada para fazer disto um sucesso. Eu prometo que não vou desapontá-la", ele encerrou.

Comentários:

Os comentários estão em manutenção.

Curta no Facebook

Diversos de Hoje (14/1)


Pergunta do Dia: Krawk
Prêmio: 284 NPs


Jogo em Destaque: Pterataque


Melhor Que Você: Bala de Canhão Petpet
Pontuação: 720



Concerto do Dia: Pirate Band


Campo de Batalha: Escolha sua facção!
Ladrões, Buscadores ou Influência

Sites Afiliados

Arquivo do Site

Já nos segue no Twitter?

Categorias | Tags