sábado, 5 de janeiro de 2019

Tradução: O confronto


Publicado por Wallace em sábado, 5 de janeiro de 2019


Voltar ao guia de Lyra e a Herança Perdida


No dia 4 de janeiro, o décimo segundo capítulo de Lyra e a Herança Perdida foi lançado.

Confira abaixo a tradução feita pelo Royalneo:

Tanta educação cara e, ainda, você precisa de mais aulas.

Eu estou cansada das suas aulas, pai. E eu estou cansada de você.

Lyra bloqueou o primeiro golpe do seu pai, mas não previu o passo atrás quando ele fez um círculo completo no segundo golpe. Ela conseguiu se defender a tempo, mas o peso a desequilibrou.

De novo e de novo, seu pai deu golpes, golpes e golpes. Eles vieram por cima, por baixo, em dois e em três. Lyra bloqueou e se defendeu.

Ela jogou areia e girou ao redor das palmeiras que cresciam na margem, mas estava cansada e sabia que não conseguiria aguentar por muito mais tempo.

Lyra desviou dos ataques do seu pai para se apoiar na árvore mais resistente que conseguiu ver e, com suas últimas forças, atirou a pequena espada contra ele. Aymas simplesmente moveu sua postura e permitiu que a lâmina batesse em sua armadura sem causar danos. Lyra usou essa trégua momentânea de ataques para subir na árvore o mais alto que pudesse. Aymas atacou sua cauda, mas só tirou alguns fios de pelo. Lyra prendeu a respiração enquanto o pai colocava sua mão no tronco. Ele bateu, ouviu e procurou por suas fraquezas.

Você planeja continuar com essa coisa sem sentido? Isso é realmente muito indigno. Muito pobre.

Eu gosto de pobreza!

Nós dois sabemos que não há lugar restante para correr, minha querida filha.

Eu prefiro apodrecer aqui no sol do que ir para qualquer lugar com você.

Faça do seu jeito então.

Aymas Xendrik parecia estar prestes a ir embora, mas em vez disso ele soltou um rugido furioso e bateu no tronco com todas as suas forças. O tronco era grosso, mas o primeiro golpe tirou um enorme pedaço dele. Ele terminou para dar outro golpe e Lyra segurou no tronco com os seus dois braços.

A árvore mexeu e balançou, e Lyra desesperadamente se segurava. A árvore abrandou com os golpes. Lyra avistou os barcos. Eles estavam no meio do rio e não havia como alcançá-los se ela nadasse. Ela jogou fora sua mochila e seu pai percebeu a ideia que ela teve. Ela hesitou na borda do galho.

Você nunca vai conseguir. Você não tem ouro, não tem amigos, e não tem habilidade. Você não é nada sem mim!

Oh, supere a si mesmo, princesa!

Aymas balançou uma última vez e Lyra pulou.

Continuará...

Comentários:

Os comentários estão em manutenção.

Curta no Facebook

Diversos de Hoje (14/1)


Pergunta do Dia: Krawk
Prêmio: 284 NPs


Jogo em Destaque: Pterataque


Melhor Que Você: Bala de Canhão Petpet
Pontuação: 720



Concerto do Dia: Pirate Band


Campo de Batalha: Escolha sua facção!
Ladrões, Buscadores ou Influência

Sites Afiliados

Arquivo do Site

Já nos segue no Twitter?

Categorias | Tags